Incluir Fernando na seleção. Sim ou não?

O “polvo” tem tido uma evolução incrível desde que chegou a Portugal, começou no Estrela da Amadora, mas na época seguinte (2008/09) pegou de estaca nos azuis e brancos, assumindo-se nos últimos 5 anos como a verdadeira âncora da equipa.
O 25 dos dragões é neste momento um dos melhores médios-defensivos da atualidade, um destruidor de jogo de classe mundial. Aos 26 anos obtém a dupla nacionalidade e já afirmou que está disponível para representar Portugal, que Fernando diz ser o país que lhe deu tudo ao nível profissional, querendo agora retribuir ajudando a seleção nacional.
Muito se tem debatido acerca deste tema, é ou não Fernando uma boa solução para Paulo Bento, tem ou não o jogador mais ou menos legitimidade de representar Portugal do que Deco, Pepe ou até Liedson.
Apesar de ser internacional sub-20 pelo Brasil, foi inclusive campeão Sudamericano em 2007 num torneio onde foi expulso num polémico jogo frente ao Chile (Ver vídeo), o jogador nunca foi chamado aos AA da canarinha e neste momento, em fim de contrato com o FCP, com ainda mais 6/7 anos de alto nível para cumprir no futebol Mundial o luso-brasileiro quer chegar a uma seleção de topo de modo a subir um degrau na carreira.
Na minha opinião Portugal tem um meio-campo fraco em alternativas aos titulares e Fernando, com William Carvalho também, seria uma excelente solução para a equipa. Se Liedson foi internacional por Portugal porque Fernando não o pode ser? Sentir uma camisola, um hino ou um país nem sempre tem a ver com o sítio onde se nasce.

Qual é a sua opinião?

Escrito por:Cláudio Soares

Deixe aqui o seu comentário

Últimos Artigos de opinião