A importancia das equipas B no futuro da Seleção

Todas as grandes equipas europeias têm equipas secundárias recheadas de jovens, na sua maioria do país de origem do clube, que podem lá rodar de modo a ganharem o traquejo necessário para no futuro poderem ser opções válidas nos clubes que os formaram, mas também para que possam entrar nas contas dos seleccionadores dos respetivos países cada vez mais cedo, podendo assim haver uma integração mais eficaz, onde a aprendizagem com os mais velhos é fundamental.
Um dos exemplos mais concretos desta importância das equipas "b" ou "reservas" é o Barcelona que tem na sua formação secundária uma fantástica plataforma para catapultar os jovens formados em La Masia. Nomes como Pedro, Busquets, Thiago Alcantara, Tello ou Deulofeu passaram pelo Barça B e hoje já têm ou começam a ter grande importância no futebol europeu. O próprio Messi passou pela equipa B antes de dar o monumental salto para a formação principal dos "blaugrana".

Até mesmo Cristiano Ronaldo passou pelo Sporting B antes de subir aos seniores, isto na época anterior ao fim deste tipo de equipas em Portugal.

É assim claro para todos que esta foi uma das medidas mais importantes dos últimos anos para o crescimento do futebol português, ao nível dos clubes, mas principalmente por ser vital para o futuro da seleção nacional portuguesa. Já vão aparecendo alguns jogadores, que se não estivessem nos "bês" andariam perdidos num empréstimo a uma qualquer equipa da Liga2 ou até mesmo no Campeonato Nacional de Seniores e que assim podem beber da cultura do seu clube e evoluir de modo a conseguirem integrar a formação principal.
Jogadores como André Gomes, Bernardo Silva, Bruno Varela, Cancelo, Ivan Cavaleiro, Tó-Zé, Tiago Rodrigues, Paulo Oliveira, Hernâni, Tomás Podstawski, Ricardo Pereira, José Sá, Tomás Dabo, Carlos Mané, João Mário e Esgaio são todos jovens com menos de 22 anos que aproveitaram a equipa B, onde estão ou estiveram inseridos, e que a curto prazo estarão a brilhar na seleção portuguesa, estando quase todos eles já a dar cartas na Liga Zon-Sagres, tudo graças a este processo de transição dos juniores para os seniores.

Cláudio Soares

Deixe aqui o seu comentário