Real Madrid vence em Munique (4-0) e carimba bilhete para a final de Lisboa

Sérgio Ramos e Cristiano Ronaldo são os rostos principais de um triunfo incrível e gordíssimo do Real Madrid, que ficará seguramente para história.

Se ganhar ao Bayern de Munique não é tarefa ao alcance de muitos, que dizer da goleada aplicada pelos homens que vestem de branco?

Depois do triunfo pela margem mínima na primeira mão, os madridistas arrasaram por completo com a estratégia de Guardiola, aplicando impressionante chapa 4, com o central espanhol a assinar os dois primeiros golos e o inimitável CR7 a marcar os dois últimos, conferindo óbvia e incontestável vantagem após exibição taticamente irrepreensível.

Nem Ribéry, nem Robben, nem Kroos, nem Muller: os génios maiores do Bayern foram anulados por completo pelos defesa do Real, com os internacionais portugueses Pepe e Fábio Coentrão a protagonizarem exibições que roçaram a perfeição, sem erros, sem lapsos, sem exageros, tudo limpinho... Como a vitória, que vale à equipa de Carlo Ancelotti a presença na final da Champions, marcada para Lisboa, no dia 24 de maio.

Cá vos esperamos!

Siga-nos no Facebook e no Twitter.
www.autogolo.com - O portal dos apaixonados pelo futebol. Dê a sua perspectiva no nosso Portal

Comentários

Real Madrid - Mais notícias:

A concretizar-se a transferência de Di María para o Paris Saint-Germain, que poderá atingir os 80 milhões de euros, será a mais alta realizada na história do Real Madrid.

2014-07-28 às 11:58

Cristiano Ronaldo já evoca o fim da sua carreira.

2014-07-25 às 11:12

Desta forma, faltará agora que os responsáveis merengues fechem a contratação do jogador com o Mónaco, que pretende 80 milhões de euros pela transferência.

2014-07-15 às 11:35

O médio Tony Kroos confirmou no domingo, depois da vitória da seleção da Alemanha no Mundial, que está de malas feitas para o Real Madrid, que deverá desembolsar cerca de 25 milhões de euros para contratar o jogador do Bayern Munique.

2014-07-14 às 12:24

O avançado Karim Benzema defendeu que os métodos de trabalho entre José Mourinho e Carlo Ancelotti são completamente distintos e que o italiano pressiona menos os jogadores do que o técnico português.

2014-06-02 às 10:32